Sobre nós

Nosso principal objetivo é proporcionar aos clientes tag’s e etiquetas que evidenciam a marca de sua empresa no mercado, tendo como base principal o desenvolvimento de produtos baseado em tendências e materiais diferenciados para que adornem suas peças.

Últimas postagens

Adornare Etiquetas | Etiquetas e Tag'sDicas Entenda a importância da etiqueta de produto para as suas vendas

Entenda a importância da etiqueta de produto para as suas vendas

Você já parou para pensar o quanto a embalagem ou etiqueta de produto podem contribuir para as suas vendas? Os elementos visuais colaboram muito para os resultados da empresa e devem ser pensados de forma estratégica.

Um estudo da especialista em pesquisa de mercado Nielsen revela que 70% das decisões de compra são feitas no ponto de venda, influenciadas pelos elementos visuais do produto, e a etiqueta faz parte delas. Portanto, se você vê esse item como apenas um custo necessário, está perdendo vendas!

Pensando nisso, reunimos as principais informações sobre a etiqueta de produto para te ajudar a escolher a sua! Vamos lá?

A finalidade da etiqueta

A etiqueta normalmente é usada para salvar as informações sobre o produto. Alguns exemplos são:

  • nome do produto;
  • marca do fabricante;
  • data de validade (alimentos e bebidas);
  • tabela nutricional (alimentos e bebidas);
  • processo e local de produção;
  • composição;
  • instruções de uso;
  • restrições de uso.

Além de cumprir esse papel, esses itens de identificação também podem ser usados como um importante canal de comunicação para a empresa, contribuindo para estratégias de fidelização, recompra e marketing boca a boca.

Aumento das vendas com etiqueta de produto

A maioria das empresas enxergam o uso da etiqueta apenas para sua função informativa. Porém, para aumentar as vendas e aproveitar os benefícios como canal de marketing, ela deve ser incorporada por essa área.

O primeiro passo é abrir o canal, alinhando com o time de marketing como eles podem usar as etiquetas em suas ações. A escolha do conteúdo comercial pode ficar a cargo dessa equipe.

Além disso, é importante que a produção das etiquetas seja monitorada para garantir que o seu uso será feito de forma correta e alinhado com as estratégias de marketing. Por exemplo, não adianta colocar uma mensagem de “Feliz Natal” nas etiquetas em janeiro, porque houve atraso na produção das peças, certo?

Tipos de etiquetas

Existe um número enorme de tipos de etiquetas de produto. Elas variam em material, tamanho e formatos. Abaixo listamos as principais delas para diferentes produtos:

Etiqueta de papel simples

O formato tradicional é uma simples etiqueta de papel, normalmente barata e considerada como a primeira opção para as marcas. Nela, você pode inserir código de barras, sua logomarca e as informações importantes do produto.

Etiquetas removíveis

Existem etiquetas feitas com materiais adesivos não permanentes, para aderir a diferentes superfícies. Essas são ideais para adesivar diretamente o produto e possibilitar que o cliente retire a identificação posteriormente, sem comprometer o bem. Além disso, existem materiais que são mais facilmente removíveis com água, para facilitar o processo para o cliente.

O uso desse tipo de etiqueta é comum em itens como louças, vidros, cartões de crédito, aparelhos eletrônicos, bebidas com garrafas retornáveis e praticamente em todos os produtos que não são vendidos em caixas ou embalagens de proteção externa.

Resistentes à água ou a produtos químicos

Também existem etiquetas feitas com materiais especiais, resistentes à agua e a produtos químicos. Essas são usadas para produtos que precisam de informações permanentes e ficam no item por um longo tempo, como instruções e restrições de uso.

São usadas em produtos eletrônicos, eletrodomésticos, máquinas industriais ou qualquer produto que precise de informações permanentes. Exemplos comuns são as etiquetas de voltagem elétrica, funções de botões e códigos de rastreio e identificação de produto.

Resistentes a altas ou baixas temperaturas

Assim como as etiquetas resistentes à água, existem as opções resistentes a temperaturas altas ou baixas para produtos que precisem ficar nessas condições. Artigos que normalmente necessitam dessas etiquetas são alimentos congelados, motores de combustão e máquinas industriais.

Etiquetas para balanças ou rotuladoras industriais

Há, ainda, aquelas etiquetas que são impressas no momento da compra, como quando adquirimos produtos por peso, com as informações do produto. Elas são específicas para os equipamentos de impressão.​

Etiquetas de segurança

Se você trabalha no varejo, sabe que os processos de segurança possuem grande investimento, devido ao perigo relacionado à perda e ao roubo de produtos, e as etiquetas também foram envolvidas nessa evolução.

Hoje, existem opções como a “etiqueta casca de ovo”, que se quebra em pequenos pedaços em caso de violação, indicando alteração indevida no produto. Além de soluções mais tecnológicas, como etiquetas “void”, que, se removidas, revelam um texto ou uma imagem, não podendo ser adulteradas.

O número de opções é enorme, as tecnologias voltadas para segurança em etiquetas são cada vez maiores, e o investimento é necessário quando a perda do produto significa grandes riscos para a empresa.

Etiqueta inteligente para controlar o estoque

As etiquetas do tipo RFID são a grande aposta do varejo para reduzir os custos relacionados ao mau controle de estoque, estimado em mais R$ 1,1 trilhão anuais. Esses selos usam radiofrequência para apontar em tempo real quando um produto sai do estoque, permitindo que o varejista tenha uma visibilidade melhor do processo de venda e tome melhores decisões de produção.

A escolha da melhor etiqueta

Entre tantas opções, você provavelmente está se perguntando: como escolher entre elas?

Em alguns casos, você vai precisar de diferentes etiquetas para diferentes funções. Produtos eletrônicos, por exemplo, precisam de identificações resistentes e não removíveis que contenham informações técnicas e também podem levar outras etiquetas com preço, marca e mais informações na parte externa ou na embalagem.

Portanto, para fazer sua escolha é preciso considerar três fatores: o produto, a legislação e a estratégia de marketing da empresa.

Analise o produto

Certos artigos precisam de etiquetas especiais, logo, avalie a necessidade de materiais e condições necessárias para não deixar seus produtos sem informações importantes no momento da venda.

Com esses dados, você pode definir melhor que tipo de material precisa para suas etiquetas.

Não esqueça da legislação

Praticamente todas as indústrias possuem algum tipo de legislação para o bom uso da etiqueta de produto. Em alguns casos, como a indústria farmacêutica, há exigências de informações de produção e componentes que devem estar explícitos.

Antes de escolher a identificação do produto, certifique-se de que todas as exigências relacionadas a sua indústria ou seu ramo de atuação foram cumpridas.

Alinhe com o objetivo de marketing

Gerencie o uso das etiquetas considerando a sua estratégia de marketing, para que, em ocasiões especiais, você possa usar peças personalizadas como um canal de comunicação e gerar valor da marca.

Personalize mensagens especiais em aniversários da empresa e datas comemorativas, como Natal, Páscoa e Ano Novo, mandando uma mensagem de afeto ao consumidor.

Use esse espaço também para criar incentivos de venda e recompra. Um exemplo é o oferecimento de descontos exclusivos na próxima compra, apresentando a etiqueta.

Existe uma infinidade de opções de etiquetas e estratégias de marketing que usam esse canal. Basta escolher o que faz mais sentido para a sua marca e metas da empresa!

Agora que você sabe como usar a etiqueta de produto de forma estratégica para aumentar as suas vendas, entre em contato conosco para encontrar as melhores opções para a sua empresa!

Compartilhar

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta